quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Auto amor


Mais um dia limpa.
Hoje acordei com muita dor no ombro, dormi de mal jeito, tive que ir ao PS.  Tomei uma injeção de voltarem e o médico receitou um anti inflamatório. Fiquei o resto do dia de molho em casa.
Sem maiores novidades hoje. Mais um dia de milagre em minha vida, mais um dia em que tudo correu bem. Estou bem, serena. Pedindo diariamente a Deus que  continue sustentando-me na minha caminhada para que eu consiga manter-me sempre forte, convicta do que quero e do que tenho que fazer e buscando minha melhora sempre em todos os sentidos.
Gostei muito dos comentários de todos sobre a postagem anterior, agradeço de coração a cada um que acompanha meu diário. Saibam que todos são o elo forte da minha corrente de recuperação. Tenho muito carinho por cada um. Vocês já são mais que família. 
Falando em família ontem lembro-me de ter postado algo sobre relações que nunca mais serão as mesmas. Isto se aplica a meu primogênito. Hoje a tarde conversei rapidamente com a mulher dele no msn, mas nem deu tempo de perguntar por ele, ela me disse que tinha que sair.
Ele já não me procura faz uns meses, antes eu ligava, ficava atrás mas depois senti algo como se estivesse sendo incômoda e parei de ligar. Sei que trabalha e estuda que as vezes pode não ter tempo mesmo, mas aí fico sabendo que par ligar para minha irmã do outro bairro ( que não fala comigo) ele encontra tempo. Também para postar bobagens no face. Na hora fico triste de verdade. Penso que até  sua adolescência eu fui pai e mãe. Mas depois eu penso em todas as vezes em que o fiz sofrer...Eu destruí esta relação por conta de meus próprios erros, como querer resgata-la agora como se nada tivesse acontecido? Não dá! Mas já foi. Talvez mais tarde quando ele for mais velho e tiver uma compreensão melhor da vida, da doença, as lembranças do que eu fiz de bom possam sobrepor as ruins.
De qualquer forma não posso fazer nada com relação a isto, nem ficar triste mais. 
Como li no blog de uma de nossas amigas, não devemos esperar nada dos outros . Agora é um recomeço, uma fase nova onde as coisas boas estão acontecendo e eu quero focar em novos projetos. Inclusive a volta dos meus estudos (Facu) ano que vem se Deus quiser. Também me lembro de Luís Gasparetto que diz em um dos seus conselhos: " Pára de se lamentar porque não me deram, porque não fizeram por mim, se ninguém te dá, dê-se você, faça por você aquilo que não fizeram". A vida segue! Limpa só por hoje, isso é muito importante.
Mais 24 horas.

Grata senhor por mais um dia.


10 comentários:

  1. Feniix, que saudadees!
    Tudo bem?
    Estava sumida, mas volteiii...Está tudo bem!

    Uma das coisas que tenho visto e é um problema entre as pessoas é a comunicação.
    Por falta da mesma, sabemos que muitas coisas conspiram contra ao nosso favor.

    Então, meu recado é que motivo você a voltar a se comunicar com seu filho, realmente os jovens tem uma dificuldade / mente fechada em aceitar o que não querem.
    Mas estímulo vc a resgatar esse relacionamento que Deus criou entre ma~e e filho, que a droga tentou roubar, mas não conseguiu e não vai conseguir.

    Deixo para vc, um link abaixo da Sarah Sheeva, que fala sobre a comunicação, quando tiver um tempinho livre, assista. Com certeza irá gostar.

    http://www.livestream.com/ouvirecrertv/video?clipId=pla_bc765754-8af7-4bcb-b795-e42d051c4c98&utm_source=lsplayer&utm_medium=ui-play&utm_campaign=click-bait&utm_content=ouvirecrertv

    Beijoooo bem grande!
    Amoo vc
    Tamu juntasss!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI que saudades de vc sua fujona!
      POr onde andou?
      Estou bem resolvida com relação a meu filho amiga. Eu tentei algumas vezes e tive a impressão de que ele não quis atender-me sabe? Amo ele demais, sei que está bem e isto me consola. Vou dar tempo ao tempo e deixar as coisas seguirem seu rumo. Uma coisa que aprendi na vida é de parar de ficar me humilhando para quem não me quer por perto.Não vou ficar forçando ninguém a me aceitar.
      Fico feliz em ve-la aqui, senti sua falta.
      Tamujuntu.
      BJs

      Excluir
  2. ola moça...parabéns por mais um dia...tente ter paciência que as coisas voltam ao lugar (o sujo falando do mau lavado...rs.) fique com Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada minha amiga. Ótimo dia para vc.
      Deus abençoe.

      Excluir
  3. Bom dia Fenix!
    Parabéns pela sua vitoria diaria!
    Em relaçao ao seu filho, o tempo é tudo, um dia ele vai estar mais maduro e vai te compreender, tenho certeza!


    Otimas 24h ! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emily.
      Obrigada.VC está certa, o tempo é o senhor de tudo.
      Bjs

      Excluir
  4. Bom dia querida, aprendo muito com suas lições de vida!! que ótimo que vc esta pensando em fazer faculdade, acho muito legal mesmo.. não se preocupe com o que aconteceu no passado, já passou.. daqui a pouco ele esquecerá das coisas ruins que aconteceram.. só o tempo amiga, só o tempo..
    Amei a frase que vc escreveu.. " a vida segue.."
    Queria te fazer uma pergunta que vai me ajudar muito na situação que eu estou.. gostaria que vc fosse sincera.. o que vc faria se seu marido tivesse te abandonado e colocado vc pra fora de casa?? será que vc ia conseguir sozinha?? e se ele te ignorasse e te tratasse mau, será que isso ia adiantar alguma coisa?? sério mesmo, acho que tô fazendo tudo errado na minha vida.. tô muito confusa, por isso te pergunto.. se puder me ajudar te agradeço amiga.
    Forte abraço e parabéns por mais 24h!!

    ResponderExcluir
  5. Olá Bia meu amor. Sinto muito por tudo que vc está passando minha querida, que Deus te ajude a ter serenidade para resolver as coisas da melhor maneira. Quem sou eu para opinar em algo não é mesmo?
    Mas respondendo a sua pergunta, se eu estivesse usando todos os dias, sem demonstrar o mínimo esforço em recuperar-me, ele não precisaria botar-me para fora de casa, eu mesma sairia por vontade própria, por uma questão de respeito a ele a e a meu filho. Entregar-se ao uso diário é escolher sofrer, quem faz esta escolha não tem o direito de fazer a família sofrer junto. Numa comparação bem chula, a droga é como uma amante, a família a esposa. Não dá para ter as duas ao mesmo tempo. Eu fiz a minha escolha, escolhi minha família, luto com a vontade de beber todo fim de semana, mas penso na minha família, dou valor ao apoio que meu marido me deu quando todos me viraram as costas, jamais em momento algum o traí ou humilhei, se o fizesse ele teria sim todo direito de me rejeitar.
    Mas cada um é que sabe de seu caminho, ninguém está na pele do outro para julgar né? Obrigada pela visita.
    Força querida, fique em paz.
    Tamujuntas ok?
    BJs

    ResponderExcluir
  6. Olá, amiga!
    Pelo visto, tudo sobre controle,né mesmo?
    Essa questão de relacionamentos que comentas aqui....o mais lhe será revelado, né? Afinal, agora o tempo é a nosso favor! rsrsrs
    Parabéns por mais um dia de vitórias!
    Abração e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada meu querido. Vc sempre com suas sábias palavras.
    O tempo agora está a nosso favor com certeza.
    Tamujuntu.
    Abraço.

    ResponderExcluir