quinta-feira, 31 de maio de 2012

♪♫ "Como se eu descobrisse que força esteve o tempo todo em mim" ♫♪



Mais um dia chega ao fim, estou limpa.
Hoje tive aula de tapeçaria no caps, terminei um  e comecei outro, esqueci de tirar fotos conforme prometi, 
mas vou tirar na próxima aula que não será na próxima quinta devido ao feriado.
Sempre muito bom rever o pessoal de lá, as experiências  que trocamos são enriquecedoras.
Depois voltei para casa e fiquei aqui com minhas coisinhas e meu filhotinho.
Nem consigo acreditar que já estou tão longe de todo aquele pesadelo, teve um tempo em um passado
bem próximo, em uma de minhas recaídas, que achei que fosse me entregar de vez, já não estava suportando,
estava fora de controle, pensei em internação, mas quando olhei para meu filho tão lindo, pequeno, desprotegido,
pensei no quanto ele iria sofrer sem minha presença porque é muito agarrado a mim, então descobri que não precisava
de internação, que  TERIA QUE CONSEGUIR por ele, que tudo que teria que fazer era buscar no fundo da alma forças para lutar.
Pensei então: "Se a vontade vier eu vou aguentar, mesmo que eu estrebuche no chão, ainda que eu me dane toda".
Tive medo, achei que não fosse conseguir, mas me agarrei em tudo que achei que fosse me ajudar, montei minha rede apoio
e fui me enquadrando nela diariamente. Então percebi que foi mais fácil do que pensei, descobri que a força para me levantar
ESTEVE O TEMPO TODO EM MIM e mesmo que eu tenha hoje que estar "de volta ao começo" de algumas coisas, já percorri um caminho muito importante. E sem nenhuma modéstia, estou orgulhosa de mim mesma. Só por hoje!

Mais 24 horas poder superior.

Grata Jesus
 por mais um dia.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Só por hoje funciona!

video


Mais um dia limpa.
Hoje saí de casa mas voltei rápido, só fui levar uns exames que chegaram e voltei.
Fiquei em casa o resto do dia.
Nada de especial além do fato de estar limpa, o que por si só já é mais que especial. 
Um dia sem droga na vida de um adicto é sempre um milagre, sobretudo uma droga como o crack que faz tantas famílias sofrerem todos os dias. 
Tenho consciência de que estou bem, que tenho tido muita força comparada a algumas pessoas que conheço.
Largar o crack não é nada fácil, mas estou apelando para um poder maior que nós todos, dia após dia e
estou conseguindo.


Poder superior,
conceda-me mais 24 horas.


Grata senhor por mais um dia limpa.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Somos todos iguais perante ao pai



Mais um dia limpa.
Hoje fui ao caps, nas atividades de educação física. Saí de casa com muito sono, mas ao encontar o pessoal fiquei animada. No caps tem um rapaz que está sempre sozinho pelos cantos, não conversa com ninguém,não participa das atividades... Na quinta feira ele ficou olhando na porta a turma de aula de tapeçaria e sendo convidado a entrar se negou, mas disse que sabe fazer muitas coisas de artesanato.
Hoje quando cheguei a psicóloga estava tentando fazer com que ele fosse para o ginásio de esportes junto conosco e a resposta  sempre a mesma: Não!
Então me aproximei e insisti: vamos lá, "vai ser legal, a gente joga uma partida de botcha, aposto que ganho de você!"
Então para surpresa de todos ele disse: "Tá bem, mas só vou por causa de você, porque você é legal comigo". Ganhei o dia.
No caminho do ginásio fiquei sabendo que ele tentou se enforcar dentro do caps na semana passada,  está sempre pelos cantos, não conversa muito. Vejam o quanto vale um gesto de gentleza. Ele ficou todo feliz lá no ginásio e se enturmou com os outros, mas estava sempre me procurando com os olhos e dando tchau. Eu estava com a outra moça que se tornou minha amiga,  hoje ela tirou várias fotos minhas no celular para mostrar para o marido. 
Na volta  para casa a lotação em que vinha freou súbitamente jogando no chão  um senhor da melhor idade, corri em seu auxílio, ajudando-o a levantar-se, sentei-o comigo no mesmo banco e viemos conversando. Ele sofreu um AVC há uns tempos e tem um dos lados do corpo paralisado. Então ele me disse : Você é bonita por dentro e por fora, tem um coração bom, foi a única que me ajudou." Respondi sem graça: "Imagine não por isto"
Realmente tinham uns rapazes fortes que nem se manifestaram inclusive o cobrador.
Voltei para casa pensando em como podemos ser útil nas pequenas coisas para algumas pessoas, de como Deus usa a gente para isto. Havia um jovem aparentemente evangélico dentro da lotação que nem se manifestou em auxiliar o senhor que caiu, certamente ele estava preparando-se para uma obra MAIOR, mas como pode querer que Deus lhe dê uma obra 
maior se não consegue nem cumprir as pequenas? Este mundo é realmente muito louco.
Na imensidão da galáxia não chegamos nem a ser grãos de areia vistos do alto. Por que tanto orgulho?
O resto do meu dia foi normal, supermercado a tarde, casa, filhote e internet.
Ao menos quebrei um pouco do tédio e fiquei com a sensação de dever cumprido.

Poder superior conceda-me mais 24 horas.

Grata senhor por 
mais um dia limpa!


segunda-feira, 28 de maio de 2012

Reflexão...

Mais um dia limpa.
O dia hoje foi normal, não saí de casa, fique aqui com meus afazeres de sempre.
Não acordei com disposição para ir caminhar.
Amanhã tenho atividade no caps cedinho, até que gosto quando preciso ir até lá, mudar a rotina.
Ultimamente o tédio tem me vencido, mas o importante é que continuo firme mantendo-me limpa.
Longe de tudo que possa  alterar meus sentidos. 
Mesmo estando sem uso há alguns meses, não deixo-me esquecer dos estragos que a droga faz em tantas vidas,
 temos que esquecer, apagar da mente o prazer que ela causa, mas nunca o que ela trouxe de prejuizo. Isto reforça muito
a vontade de continuar limpa, buscando e acreditando sempre no melhor, que podemos, que a força mora
dentro de cada um de nós, podemos sim nos desvencilhar deste sequestro silêncioso e sem resgate.
Hoje eu tenho minha casa, família estruturada, consegui conquistar uma vida digna a qual estou lutando
diariamente para não perder. Mas dói muito pensar nas coisas que nunca mais vou ter de volta, não falo de
coisas materiais.  Pessoas muito, muito caras para mim com quem jamais terei uma relação normal, por 
mais que digam que tudo passou e que me perdoaram, existem cicatrizes indissolúveis. 
Se pudesse arrancaria estas mágoas com as mãos, mas não posso. Agora é recomeçar e tentar não errar mais.
Mais 24 horas.

Grata senhor 
por mais um dia.



domingo, 27 de maio de 2012

Mais uma semana começa



O dia foi bom, fui a igreja pela manhã com meu filhote que não parou quieto um minuto.
Hoje não deu para deixar com  o pai que saiu cedo. Ele está fazendo uma campanhna de oração 
com um pastor em um  monte (área arborizada onde grupos evangélicos se encontram para orar).
Voltei, fiz almoço, ele saiu para o trabalho e eu fiquei aqui com o pequeno.
Amanhã pretendo caminhar, sinto muita falta, o corpo pede quando a gente acostuma.
Tenho a sensação de que nunca mais  vou ter de novo o controle da própria vida. A droga tirou a 
autoconfiança quase que completamente. O crack é uma droga muito poderosa e sedutora. Consegue 
transformar pessoas prósperas em verdadeiros zumbis, tira completamente a vontade de viver.
Antes de conhecer o crack eu era autosuficiente, viajava com meu filho, trabalhava, dançava em frente
ao espelho todos os dias, tinha uma alegria de viver muito grande e achava que nada no mundo poderia
me tirar isto, era meu tesouro. Hoje sou esta pessoa semi apática, não me entrego de tudo a apatia porque luto
contra mim mesma buscando coisas que voltem a me dar prazer de viver. 
As vezes sinto que a vida está para mim como uma caneta para um analfabeto, eu quero muito me alfabetizar,
talvez nem sempre saiba como, mas vou continuar mantendo a serenidade, a confiança no poder superior que
sempre está conosco.
Mais 24 horas.

Grata senhor 
por mais um dia.


Tenham uma excelente semana!



sábado, 26 de maio de 2012

Agradando o olfato



Limpa  só por hoje.
Acordei ainda meio borocoxô, talvez por conta do hipotireoidismo.
Meu marido insistiu para que fossemos ao shopping, depois de muito custo decidi ir.
Uma trsiteza besta sem motivo algum. Nada parece ter graça. 
Ele sabe da minha paixão por perfumes então entramos em uma loja  boticário
e ele praticamente escolheu dois perfumes para mim que estava ali mais como observadora
do que como uma mulher escolhendo um perfume. Voltamos ,ele foi trabalhar e eu fiquei aqui
"ermitando".  Decidi botar a tristeza para correr. Liguei o som bem alto e comecei a faxinar a casa,
sempre fico animada quando a casa está com cheirinho de limpeza, dá uma ensação de "missão cumprida".
Realmente deu uma melhorada no humor.
Detei-me para ver a novela das seis junto com o filhote que sempre tira uma soneca neste horário.
Que amanhã seja um dia melhor.


Grata senhor Jesus
por mais um dia.





sexta-feira, 25 de maio de 2012

Sonolência...



Fim de mais um  dia limpa.
Hoje não saí de casa, dei um jeito na bagunça e 
passei boa parte da tarde e noite na cama.
Resfriada, um pouco desanimada adotei hoje 
 o endredom como companheiro.
Só levantei a noite 
quando a sogra, sogro e outro pastor
vieram fazer uma oração aqui em casa.
Eles estão se reaproximando.
Voltei de novo para cama.
Nem todos os  dias a gente consegue ser forte. 
Importante é saber que só por hoje consegui
 me manter limpa, que  amanhã é outro dia e 
junto com ele nasce sempre uma
 nova chance de que tudo seja melhor.
Mais 24 horas.

Grata senhor 
por mais um dia.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

♫♪ Olhando pro céu, impossível alguém se sentir sozinho ♫♪



Fim de mais um dia limpa.
Hoje não fui caminhar, fiquei em casa adiantando as coisas para ir a aula de tapeçaria 
no caps. Deixei o bebê com o marido, tomei o ônibus e fui.
 Hoje terminei meu primeiro tapete. Fiquei toda feliz.
No final meu marido foi me buscar, me deixou em casa e foi trabalhar. 
Fiquei aqui com o filhote cuidando da casa.
A vida vai aos poucos voltando ao normal, estou reaprendendo aos poucos que é importante
fazer parte de grupos ,  sejam de ajuda, amizade, religiosos...
Um drogadito isola-se de tudo e de todos, e fica meio perdido com o processo de recuperação porque
perdeu as antigas amizades que tinha por conta das drogas  e tem que afastar-se dos companheiros da ativa que são
os amigos que restaram-lhe. Sem falar da vergonha que a gente sente das pessoas, da dificuldade em aproximar-se
novamente dos amigos antigos, como consequência acaba isolando-se para proteger-se. 
Fazendo isto acaba acomodando-se na condição de ermitão. Uma atitude nem um pouco saudável. Estou agora neste momento, momento ermitã, no fundo eu gosto, mas também sei que preciso fazer parte de grupos sociais e terapeuticos. Estou aprendendo a aceitar a idéia.

Mais 24 horas

Grata senhor por 
mais um dia

quarta-feira, 23 de maio de 2012

só por hoje


Mais um dia bem, limpa.
Hoje fui cedinho tirar sangue para um segundo exame da tireóide, voltei dormi um pouco mais.
Acordei e fui para minha consulta mensal com meu psiquiatra. Correu tudo bem, ele me achou 
bem, me parabenizou, suspendeu um dos medicamentos.
Voltei para casa. Ele foi trabalhar e fiquei aqui com o filhote.
Hoje fiquei um pouco cansadinha, talvez por acordar muito cedo ou pela disfunção da tireóide mesmo sei lá.
Agora vou dormir, amanhã é outro dia.
 Mais 24 horas.

Grata senhor por
 mais um dia.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Lutar sempre, vencer nem sempre, desistir jamais.






Mais dia limpa.
Fiz minha caminhada mais uma vez, saí com o bebê e o marido,
voltamos para casa por volta das seis horas, os dois dormiram e eu fiquei vendo novela
enquanto preparava o jantar.
Amanhã cedo vou fazer o exame de sangue que não consegui fazer na segunda.
Então vou tentar dormir mais cedo hoje.
Hoje fiquei meio chateada pelo fato de não poder trabalhar fora ainda, de vez em quando isto me incomoda,
eu sinto falta, me sinto inútil e fico meio depressiva.
Então tento racionalizar tudo, procuro entender que ainda é cedo, existe o período mínimo de tratamento que 
é de seis meses, que tem o bebê, que não posso mais tentar levar a vida como se fosse uma pessoa normal sem
dependência, porque das vezes em que tentei fazer isto não deu certo, eu apenas mascarava  o problema  que 
vinha a tona ao menor descontrole emocional.
Enfim, aprendi a aceitar que sou DQ, que preciso de tratamento e que ainda não é o momento de voltar a 
trabalhar fora sem ter a certeza de que estou pronta para isto.

Mais 24 horas.


Grata senhor
 por mais um dia.



   O tratamento da dependência química é um dos maiores desafios que enfrentamos hoje, principalmente quando observamos a "epidemia" de crack que cresce a cada dia. Mas quem sabe, em alguns anos, teremos uma nova ferramenta para auxiliar na recuperação de drogaditos.
   Surgiu uma nova esperança no tratamento da dependentes de cocaína e de crack. Pesquisadores conseguiram desenvolver uma imunidade de longa-duração à substância em ratos. Para isso, desenvolveram uma vacina que combina um pouco de vírus de gripe comum com partículas que imitam cocaína.
   O estudo foi publicado na revista Molecular Therapy. Os pesquisadores acreditam que a partir desses resultados será possível oferecer um tratamento que quebre o vício. A abordagem também pode ser útil no tratamento de outras dependências, tais como a nicotina, heroína e metanfetamina.
   A vacina sumprime os efeitos estimulantes da cocaína. Ela impediria a droga de chegar ao cérebro e duraria por cerca de 13 semanas. Esse método de imunoterapia poderá então ajudar na prevenção de recaídas.
   Colocando a cocaína junto de um vírus de gripe comum, o sistema imunológico reagiria ao vírus, mas também passaria a reconhecer a droga como um "intruso" perigoso. Foram feitos então testes em ratos e verificou-se que estes desenvolveram uma forte resposta. Quando os seus anti-corpos foram colocados em tubos de laboratório, os anticorpos reagiram contra a cocaína.
   Quando injetaram cocaína nos ratos, verificaram que os que estavam vacinados se comportavam de forma muito menos hiperativa do que os que não estavam imunizados (hiperatividade é uma das consequencias do uso da droga). Mesmo usando doses muito altas de cocaína, verificou-se essa diferença. Assim, a vacina bloquearia o prazer da droga.
   A vacina ainda precisa passar por muitos testes com sujeitos humanos antes de ser aprovada. No entanto, os pesquisadores estão confiantes de que seu trabalho ajudará um dia no tratamento da dependência química.
   No entanto, apesar de a ideia de simplesmente vacinar as pessoas possa parecer algo bem "simples", os próprios autores do estudo ressaltam também que o sujeito deve estar motivado para pararem com o uso. É necessário um tratamento completo.
   Precisamos sempre nos lembrar que, apesar dos aspectos biológicos estarem muito envolvidos, a dependência de substâncias também possui uma dimensão psíquica que não pode ser negligenciada.


segunda-feira, 21 de maio de 2012

Vencer a si mesmo é o mais difícil





Mais um dia limpa, só por hoje.
Hoje acordei muito cedo 6;30hrs, precisei fazer um segundo exame de TSH ( tireóide), em jejum e morrendo de sono. 
Cheguei no local cedinho morrendo de frio e adivinha? Esqueci os documentos (aff). Saí do local irritada, xigando
 sozinha pelo caminho. Passei na padaria comprei pão, em casa fiz um café forte (adoro) , tomei e aí pensei: "não vou deixar que isto estrague meu dia". Olhei para os dois queridinhos dormindo, a cama quentinha me chamando e como sou do "contra" decidi caminhar. Por volta de meia hora de caminhada uma moça aproximou-se me convidando para conhecer um destes espaços da herba life, como não estava com pressa mesmo lá fui eu. Até que foi divertido ver todas aquelas mulheres conversando sobre dietas e cursos de dança do ventre com tamanha seriedade que mais pareciam que iriam salvar o planeta. Tomei uns dois tipos de chá e um shake,me despedi e voltei para casa já sob efeito dos chás que são diuréticos. 
Segui então a rotina de início de semana, roupas, faxina e tudo mais.
Meu marido foi ao dentista extraiu um dente e ficou de molho em casa hoje, saiu com o bebê  a tarde para casa da sogra. Aproveitei então para tentar dormir mas não consegui.
Foi um dia muito longo porém proveitoso. Gostei muito de ter conseguido ir caminhar, ultimamente tem sido difícil.
Espero conseguir ir a manhã de novo já que não vai ter atividade no caps pela manhã.
As vezes quando estou na rua passo por algumas pessoas que conheci na época da ativa e percebo que raramente me reconhecem,fico feliz por isto. Triste em ver as pessoas  perdidas, ainda presas ao crack mas feliz em saber que estou diferente a ponto de não ser reconhecida pelas mesmas. Tudo parece não ter passado de um pesadelo, ainda sinto tanta vergonha de tudo que fiz. Ainda não consigo olhar de frente para algumas pessoas, ainda fico triste com comentários maldosos que fazem a meu respeito,tem gente que acha que se você é DQ, está tudo perdido, já te descarta, julga, dá a sentença e condena sem lhe dar a  menor chance de defesa . Aconteceu comigo semana passada. O comentário veio de uma pessoa que me conhece a pouco mais de um ano, com quem nunca troquei nada mais que um simples "oi".  Primeiro me irritei, depois fiquei triste, depois deixei para lá entendendo que a pessoa em questão nem me conhece, por fim no dia seguinte estava eu orando pela pessoa por ele ter perdido a avó na mesma noite, antes não conseguiria abster-me de sentimento de rancor.
Hoje entendo que a única pessoa responsável pela minha recuperação sou eu, não importa o que aconteça. Não adianta querer transferir a responsabilidade para alguém ou outra coisa qualquer nem usar os desafios como desculpa para sentir autopiedade que encabeça a lista das armadilhas da recaída.

AUTOPIEDADE------------->PERMISSIVIDADE------------->RECAÍDA----------------------->ARREPENDIMENTO.
(me magoaram)                  (posso beber uma               (não consegui me             (não deveria ter bebido)
                                             latinha para acalmar)               controlar)
                                                           
                                        

Mais 24 horas.

Grata senhor 
por mais um dia
limpa.



domingo, 20 de maio de 2012

Dias melhores para sempre



Mais um dia.
Hoje foi um dia sem muitas novidades. Fui  a igreja pela manhã, desta vez o bebê ficou em casa com o pai
porque o levei na última sexta e ele fez uma bagunça e tanto.
Na volta fiz almoço ouvindo minhas músicas em volume alto como gosto enquanto os dois foram para o 
campo jogar futebol.
Depois do almoço meu marido foi trabalhar e fiquei aqui com o garotão.
Nada de m uito especial para muitas pessoas, mas para mim é tudo de especial, poder voltar a levar
uma vida normal sem droga, sem álcool é a sensação  mais maravilhosa que um dependente em recuperação 
pode experimentar.
Já fazia um bom tempo que não me sentia segura diante de tudo. Nos últimos tempos eu vivia sob ameaça de
uma recaída a qualquer momento, com medo que ela pudesse roubar minha paz de um momento para o outro.
Felizmente, este sentimento ruim deu lugar a momentos de lucidez e alegria diante da  vida e de seus desafios.
Não estou substimando a doença, sei que não posso pois ela é traiçoeira, estou apenas dizendo que estou mais forte
 para enfrentá-la no momento em que ela tentar sair do "congelador".
Temos que aceitar este calcanhar de Aquiles como parte integrante do pacote desta existência e tomar todo
cuidado do mundo para não tocá-lo de forma violenta para que não volte a machucar.

Mais 24 horas.


Obrigada JESUS,
por mais um dia limpa.


Uma excelente semana para todos.





sábado, 19 de maio de 2012


Mais um dia limpa, graças a Deus.
Meu pc voltou, até que enfim. Acho que ele está com problema de junta, junta tudo e joga fora.
Coisa da idade sabe? Senti muito a falta dos comentários de vocês, eles me dão muita força gente.
Fiquei uma semana sem escrever, mas correu tudo bem. Segui minha rotina de sempre, estou indo 
nas aulas de tapeçaria do caps, estou adorando, só a caminhada que está difíiiiiiiiiiiiiicil rsrsrs,
mas quero retomar quando estes dias frios forem embora.
Nos dias em que estive sem a internet aproveitei para fazer coisas que não fazia há muito tempo, como 
pegar um bom livro para ler por exemplo.
Também marquei algumas consultas médicas de rotina que a gente vai deixando sempre para depois...
Na próxima semana tenho consulta com meu psiquiatra do Caps, ele me disse que se não acontecer
nenhum " imprevisto" vai suspender um dos medicamentos e vou ficar só com a carbomazepina até completar 
seis meses sem uso .  Vai ser bom.  Mesmo porque, dependendo do segundo resultado do exame da TSH (tireóide)
vai ser incluida mais uma medicação, vou ficar igual ao doutor chapatim do seriado chapolin, um velho que
anda com um  saquinho cheio de remédios rsrsrs.  Importante mesmo é se cuidar né gente?
Tudo bem, só de estar conseguindo manter-me limpa, para mim já é um alegria que não tem preço.
A qualidade de vida está muito melhor, estou conseguindo perceber as coisas com mais clareza que antes.
Isto é fantástico. Quando a gente está na ativa perde o senso de julgamento, não consegue discernir as coisas 
a nossa volta e muitas delas passavam batido, agora não. 
Também recebi uma notícia muito boa, o processo trabalhista que movi contra a empresa que me mandou
 embora grávida está em fase de cálculos e liquidação, segundo a advogada daqui há alguns meses já recebo.
O bebê está mais peralta que nunca, mal aprendeu falar e já sabe retrucar, esta geração ÍNDIGO parece já
nascer com chip kkkk.
E é isso! Vivendo um dia de cada vez,  limpa só por hoje e muito feliz por estar conseguindo.

Mais 24 horas.


Grata senhor por mais um dia!



                                           
                                           Passando o tempo: 

quarta-feira, 16 de maio de 2012



Oi, que saudades!!!!
Estou aqui na lan para deixar um beijão para todos dizer que está tudo bem comigo,
meu pc pegou alguma espécie de vírus sei lá, com este tempo frio né? Tadinho, está internado ainda.
Mas eu estou bem, aproveitando a ausência da internet para brincar de artesã.
De resto está tudo bem, limpa só por hoje.
Tamujuntu sempre.

Grata senhor
por mais um dia.

sábado, 12 de maio de 2012

FELIZ DIA DAS MÃES!



Vim desejar a todas as mães um domingo maravilhoso
cheio de amor e paz junto aos seus entes queridos.
Em respeito a vocês que me acompanham diariamente
venho dizer que estou sem meu pc e posso ficar uns dias sem postar nada, mas não se preocupem, está tudo bem
comigo, firme e forte na minha luta para manter-me limpa
um dia de cada vez com ajuda de Deus da minha família e de todos vocês que são muito importantes nesta corrente
de força. Obrigada a todos.
Tamujuntu.


Grata senhor Jesus
por mais um dia limpa.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Viva a liberdade!


Mais um dia limpa.
Hoje não fiz caminhada, estava muito cansada. Acordei mais tarde, deixei algumas coisas
em ordem e fui para a aula de tapeçaria no Caps.
A aula foi muito boa, um momento "relax" no meio da tarde. Como boa ariana ansiosa que sou,
cheguei lá ligada no 220 volts, acabei errando alguns pontos no início. Aos poucos fui me tranquilizando
e quando percebi a coisa estava fluindo bem e eu  me vi toda concentarda com a tela e a agulha, nem percebi
as 3 horas de aula passarem.
Na volta meu marido e o bebê estavam me esperando,voltamos juntos para casa e o resto do dia seguiu normal.
Não posso descrever com palavras como é bom poder viver sem a dependêcia de álcool ou droga. Isto sim é a verdadeira
liberdade. O mundo abre um leque de possibilidades imenso .  É como zerar tudo e começar de novo com mais
consciência, querendo sempre fazer o meu melhor em tudo, desde as pequenas coisas. Claro que sei que 
não vou ser sempre 100 por cento em tudo, mas eu sempre terei a oportunidade de recomeçar.
 Como lá na aula de tapeçaria, erra-se um ponto, desmancha e faz de novo. Assim é em tudo na vida.
Ninguém está aqui condenado a sofrer para sempre, sobretudo quando o sofrimento é apenas uma escolha
de vida, a gente só sofre até o dia que quer. O prazer das drogas é bom? Claro que sim, do contrário não haveria
tanta gente perdida, mas o prazer de conseguir viver sem ela é infinitamente melhor.

Mais 24 horas.

Grata senhor Jesus 
por mais um dia limpa.



quarta-feira, 9 de maio de 2012

Mil coisas ao mesmo tempo




Mais um dia limpa.
O dia hoje foi cheio. Estou muito cansada. Voltei a fazer caminhada, na volta coloquei a casa em ordem.
Muita roupa para lavar. Depois fui a um centro comercial aqui próxino trocar umas roupinhas que comprei
para o bebê na semana passada. Ainda fui na prefeitura, fiz supermercado e jantar.
Meu marido estava de folga, extraiu um dente e estava cheio de não me toques rsrsrs. Homem não aguenta sentir dor
mesmo. O mais engraçado é que quando começou o futebol a dor passou na hora, até parecia o Silas da novela kkk.
Foi um dia muito bom, consegui fazer quase  tudo  que precisava, deixei um pouco para amanhã.
Estou ansiosa para começar o curso de tapeçaria no caps amanhã, eu gosto muito de artesanato, não levo muito jeito,
mas gosto assim mesmo, nunca fui uma brilhante artesã mas ao menos eu meto a fazer alguma coisas  né?.
Sinto que estou a cada dia mais segura para resolver pequenas coisas do dia, pequenas responsabilidades que um DQ 
deixa de ter quando está na ativa.  Em certas coisas é preciso ter firmesa para conseguir uma solução favorável, um DQ
perde esta capacidade, por sentir-se inferior acaba abaixando a cabeça para tudo e engolindo sapos desnecessários.
Algumas coisas temos que reaprender como crianças, reeducação emocional.
A coisa mais difícil no caminho de volta é ganhar autoconfiança ( ao menos para mim), o resto vai se encaixando naturalmente.

Mais 24 horas

Grata Jesus
 por mais um dia limpa.

terça-feira, 8 de maio de 2012

O caminho de volta



Mais um dia limpa.
Hoje acordei com muito sono, mas fui ao caps. 
Por conta da chuva não fizemos os exercícios de costume na quadra.
Ficamos jogando ping pong em uma sala do ginásio.
Até que foi divertido. Antes de saírmos do caps para o ginásio,(é um percurso de 200 metros a pé),
um companheiro se aproximou para conversar um pouco. Disse que eu pareço muito bem, queria
contar de sua recaídas e me perguntar como estou fazendo para evita-las.
Conversamos um bom tempo sobre o assunto.
Na verdade ninguém pode dizer que está completamnete livre delas, tem que ter confiança em si
mas estar sempre alerta para as armadilhas, os imprevistos. Creio que  nós DQ não sabemos
lidar muito bem com os imprevistos. Dificilmente estamos preparados quando "imprevisivelmente" um
amigo da ativa aparece com um convite. O inesperado é perigoso quando a gente não tem firmesa de
opinião e aprende a dizer não sem medo de magoar ou de perder uma "oportunidade" .
É muito bom fazer parte das atividades do caps, existe uma troca muito rica entre nós pacientes.
Foi defindo por mim e por minha técnica que eu iria uma vez por semana, mas como quero muito participar 
do curso de tapeçaria também vou começar a ir mais um dia. Ao contrário do que muita gente pensa, os 
tratamentos dos caps funcionam, claro quando a gente quer mesmo se recuperar. Eu participo semanalmente
das atividades e mensalmente tenho acompanhemento psiquiátrico. Atualmente tomo dois tipos de medicação:
carbomazepina de manhã e a noite ( estabilizador de humor), 1 clorpromazina a noite ( para dormir), sendo que o  
último vai ser suspenso já na próxima consulta dia 23 se tudo correr bem segundo o médico e a carbomazepina
3 meses depois. 
Mas o rémedio não faz milagre sozinho. Ele é só um freio para que a gente controle a ansiedade e consiga
ir se estabilizando aos poucos.  Estacionar a doença depende  da gente.
Exercícios físicos também ajudam muito. Eles liberam dopamina, uma substância responsável pela sensação de bem estar.
Quando a gente quer de verdade, aos poucos a gente vai encontrando estratégias próprias para evitar as recaídas e
estacionar a doença.
Mais 24 horas.

Grata senhor por mais
um dia limpa



segunda-feira, 7 de maio de 2012

Meio down...


Mais um dia limpa.
Hoje acordei um pouco agitada, não sei direito definir o porque. Uma vontade de chorar, meio melâncólica.
Decidi ouvir música para me distrair, foi pior, encontrei o gabarito do  meu livro de poesias que foi lançado em 2000.
Não consegui segurar o choro. Muito difícil para mim saber que troquei meus sonhos pelo crack.  Escrever sempre foi
um deles desde a adolescência. As vezes bate este inconformismo de não ser mais aquela mulher independente que
 sempre  fui. O crack tirou minha liberdade  de escolhas e minha independência, as coisas que mais amava na vida.
Liberdade de ser quem eu era, decidia que ia fazer uma coisa, simplesmente fazia. 
Claro que um pouco disto é por causa da maternidade, ter que ficar em casa com o bebê. 
Mas como não sou de me entregar ao baixo astral, dei um chega pra lá na tristeza, coloquei umas músicas de balada
e fui cuidar da minha casa. Afinal quem vive de passado é museu. O ontem já foi, amanhão ainda não veio,
o hoje é que importa. Tenho mais motivos para agradecer do que para me lamentar.
 Amanhã tenho atividade no Caps, confesso que estou com saudades.
 Mais  24 horas.

Grata senhor 
por mais um dia.






Fênix
Jorge Vercillo


Eu!
Prisioneiro meu
Descobri no brêu
Uma constelação...


Céus!
Conheci os céus
Pelos olhos seus
Véu de contemplação...


Deus!
Condenado eu fui
A forjar o amor
No aço do rancor
E a transpor as leis
Mesquinhas dos mortais...


Vou!
Entre a redenção
E o esplendor
De por você viver...


Sim!
Quis sair de mim
Esquecer quem sou
E respirar por ti
E assim transpor as leis
Mesquinhas dos mortais...


Agoniza virgem Fênix
O amor!
Entre cinzas arco-íris
Esplendor!
Por viver às juras
De satisfazer o ego mortal...


Coisa pequenina
Centelha divina
Renasceu das cinzas
Onde foi ruína
Pássaro ferido
Hoje é paraíso...


Luz da minha vida
Pedra de alquimia
Tudo o que eu queria
Renascer das cinzas...


E eu!
Quando o frio vem
Nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
A luz da escuridão
E a dor revela a mais
Esplêndida emoção...


O amor!
Quando o frio vem
Nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
A luz da escuridão
E a dor revela a mais
Esplêndida emoção...


Quando o frio vem
Nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
A luz da escuridão
E a dor revela a mais
Esplêndida emoção
O amor!...(2x)